Quando as folhas caem…

Ultimamente não me sai da cabeça aquela questão da folha que cai no meio da floresta sem ninguém que testemunhe a sua queda: será que faz ruído? Não me sai da cabeça porque conheço um mundo onde os boletins de saúde não chegam para fazer qualquer contabilidade de doentes ou de fatalidades.

Um mundo onde não entra quase nada, mas onde um vírus como a COVID-19 tem um terreno tão fértil! Um mundo de alimentação escassa e monótona, sem vigilância sanitária, onde a higiene possível está tão longe de ser a suficiente! Este mundo é um mundo de sistemas imunitários fragilizados pela ausência de diagnósticos médicos seja de que doença for (é tudo tão longe e tão pouco), pela subnutrição para todos os gostos (da crónica à aguda severa), pela falta de água, de sabão, de torneiras em casa ou na rua, pelos modelos de organização social que contam pessoas e mais pessoas estendidas em esteiras onde a noite as deixa organizar um sono atafulhado em palhotas de uma ou duas divisões e 3 ou 4 gerações para acolher! Geralmente 3 porque embora a vida tenha pressa e as crianças venham cedo, a morte também não se demora a colher quem já coleciona amarguras. Aqui, neste mundo onde isolamento social, higiene, boa alimentação, vigilância sintomática são termos quase fantásticos, também vai chegar uma febre sub-reptícia. Uma febre que mata (como tantas outras que têm uma estação reservada: a malária, a cólera…) e as folhas vão cair, com ou sem ruído. Neste mundo tenho colegas que acordam todos os dias a lutar contra os moinhos de vento, a distribuir gotas de água onde faltam oceanos, a ouvir desesperos e a ignorar os medos que sentem no peito para responder como podem e sabem a quem nem medo tem (para se ter medo é preciso ter alguma informação). Neste mundo, quem lá ficou, vai ouvir o ruído das folhas e vai, pelo menos, poder contar as suas histórias.

Joana Lopes Clemente, Coordenadora Geral e Executiva da Helpo

Like this article?

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on pinterest
Share on Pinterest

Leave a comment